segunda-feira, 18 de junho de 2012

E porco que não?



Dia desses Mario e Valquíria nos presentearam com um filhote de porco. Eu disse logo. Mas porque um porco? Afinal todos sabem qual é o meu time. Brincadeira a parte.

Valquíria então me respondeu.

-E porco que não?

Eu ri do jogo de palavras e verdade é Porco que não?

Cachorros e gatinhos são fofinhos, amigos. Em casa temos todos. Mas há pessoas que tem a ousadia a coragem de estimar outros seres. Cobras, aranhas, iguanas, escorpiões gigantes.  Todos os animais que sempre povoaram a nossa imaginação os nossos medos e arrepios. Mas são seres vivos ora. Tão merecedores de vida como nós.

- E ai Melquis, você ainda está surpreso? – me perguntou Mário.

- Sim é uma novidade?

-Mas você é um cara que sempre teve a mim e Mário como amigos não poderia ter surpresa quanto às diferenças que a vida cria.

Todos Sabem que Mario e Valquíria são casados. Ele enxerga a vida de um ângulo especial, ela uma anã dominadora e possessiva, mas carinhosa com os seus. E tem um amigo gay que foi morto pelo ex-marido e agora virou um espírito de luz que a visita sempre. Somos amigos também.  

- E que vocês não dão trabalho. O porco tem que ter cuidados.

-Ora cuidados com os outros são bons para exercermos a nossas capacidades que às vezes nem sabemos que temos. – Disse Mário de seu ângulo especial de ver a vida.

- Por isso que eu te amo Mário. - disse Valquíria.

Pronto mais uma vez me convenceram.

-E porco que não? – eu completei.

Um comentário:

  1. Oi, seu blog é muito legal e já estou te seguindo.
    Te convido a vir conhecer o meu blog e se gostar me seguir também ;)
    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir